spot_img
spot_img

Prefeitura inicia entroncamento da Av. Antônia Mugnatto Marincek com rodovia Anhanguera

Mais notícias

 

Ligação é a última etapa das obras de duplicação da avenida; parte do Ribeirão Mobilidade, projeto recebeu investimento de R$ 25 milhões

 

A Prefeitura de Ribeirão Preto, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas, iniciou nesta sexta-feira (3) o entroncamento da avenida Antônia Mugnatto Marincek com a rodovia Anhanguera, altura do quilômetro 316, na zona Leste da cidade. O serviço faz parte da última etapa das obras de duplicação da avenida, prevista no Programa Ribeirão Mobilidade. O prazo de execução é de 40 dias.

“Com isso, a população de todo o Ribeirão Verde receberá esta obra conclusa, um assunto esperado há mais de duas décadas com um poder de solução de problemas viários muito importante. Serão menos acidentes, menos tempo das pessoas presas no trânsito, mais tranquilidade para quem usa o ônibus para poder trabalhar, estudar, se locomover na cidade e, obviamente, gerando muitos empregos neste período de pandemia, em que precisamos ter soluções criativas para fazer a cidade continuar trabalhando”, afirmou o chefe do Executivo, Duarte Nogueira.

O entroncamento será realizado pela Tecla Construções Ltda., licitada em 2017 por R$ 24.286.455,39 para retomar as obras. Como a ligação entre a avenida e a rodovia faz parte do projeto executivo, não foi necessário realizar novo processo licitatório.

A nova via da Antônia Mugnatto Marincek já foi liberada à população, tendo sido concluída também a construção das pontes sobre o córrego das Palmeiras. A avenida foi duplicada ao longo de seus quatro quilômetros de extensão, com o plantio de nove mil árvores e implantação de ciclovia ao longo de todo o trajeto. O projeto também contemplou iluminação e pavimentação de todo o trajeto.

 

Ribeirão Mobilidade

A obra faz parte dos mais de 30 projetos de intervenção viária previstos no Programa Ribeirão Mobilidade. Já foram entregues as três pontes da avenida Francisco Junqueira; a duplicação e prolongamento da avenida Prof.ª Dina Rizzi; a recuperação da Estrada do Piripau; a readequação viária no cruzamento das avenidas Portugal, Nove de Julho e Antônio Diederichsen e das avenidas Antônio Diederichsen, Presidente Vargas e Itatiaia; ampliação da avenida Cel. Fernando Ferreira Leite e implantação do projeto de canalização do córrego Califórnia, bem como diversas frentes de recapeamento asfáltico. Sete adequações estão em execução, três em processo licitatório, uma cujo contrato acaba de ser assinado e, o restante, em processo de abertura de licitação.

O investimento total se aproxima de R$ 500 milhões, sendo R$ 310.000.000,00 provenientes de recursos do Governo Federal e, o restante, do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) e outras agências de crédito.

Ao todo, serão 11 corredores de ônibus implantados em Ribeirão Preto, além de um túnel que será construído entre as avenidas Independência e Presidente Vargas, passando por baixo da Nove de Julho. Serão 56 quilômetros de corredores de ônibus percorrendo as principais avenidas do município, além de pontes, túneis e viadutos que irão proporcionar maior conforto a 4.154.118 usuários do transporte público.

Ribeirão Preto
céu pouco nublado
26 ° C
26 °
26 °
73 %
2.6kmh
20 %
sáb
35 °
dom
37 °
seg
38 °
ter
35 °
qua
32 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas notícias