spot_img
spot_img

Ribeirão: uma cidade de serviços

Mais notícias


Levantamento realizado pelo Instituto de Economia da ACIRP mostra que setor já ultrapassou comércio e se tornou a principal atividade econômica

Estudo feito pelo Instituto de Economia da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (ACIRP) mostra que Ribeirão Preto vem se tornando uma cidade majoritariamente de serviços.

No primeiro trimestre de 2019, a cidade possuía 31.731 empresas prestadoras de serviços, quase 4% a mais que a quantidade de empresas de comércio (30.538) contabilizadas no período.

“Ribeirão Preto, durante o Segundo Império, começou a ser conhecida como a capital mundial do café, marca que perdurou durante toda República Velha, de 1889 a 1930. Depois, com o centro de gravidade da economia local se deslocando do campo para a cidade, começou a pontificar o comércio, tanto de varejo quanto de atacado. No entanto, há alguns anos, nota-se o crescimento do setor de serviços”, explica Vicente Golfeto, diretor do Instituto de Economia da ACIRP.

Atualmente, o Instituto trabalha nos dados de 2020 para confirmar a tendência que despontou a partir do primeiro trimestre de 2019. “Estamos buscando confirmação deste comportamento e também identificarmos o tamanho do estrago que a pandemia provocou na economia urbana de Ribeirão Preto”, finaliza Golfeto.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
Marcela Borges | (16) 9 9397-3004 | marcela@sejaopa.com.br
Daniel Navarro | (16) 9 9223-1517 | daniel@sejaopa.com.br

Ribeirão Preto
nuvens dispersas
33 ° C
33 °
33 °
40 %
2.1kmh
40 %
dom
36 °
seg
37 °
ter
36 °
qua
34 °
qui
34 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas notícias