spot_img

Oficinas de meio ambiente da Artesano Urbanismo levam educação climática a escolas públicas de Ribeirão Preto em junho

Mais notícias

Alunos do ensino fundamental terão aplicação de metodologia do Mural do Clima em parceria com o Instituto Artesano, que capacita a compreensão ambiental e prevenção de tragédias climáticas, como a escassez de recursos hídricos – realidade presente em Ribeirão Preto.

Escolas públicas de Ribeirão Preto recebem durante o mês de junho oficinas de meio ambiente na Estação Ecológica da Mata de Santa Tereza, com a aplicação da Metodologia Mural do Clima, uma parceria entre o Instituto Artesano e o Governo do Estado de São Paulo, para levar educação climática a alunos no ensino fundamental da cidade. O projeto visa decodificar as informações do IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas) para esses alunos, tornando a compreensão de informações de caráter científico mais acessível para esses alunos. “É um processo lúdico, mas que integra esses jovens a informações que são indispensáveis para evitar desastres climáticos, que se tornam uma realidade próxima”, destaca Mônica Picavêa diretora de sustentabilidade do Instituto Artesano.

O Mural do Clima é uma tecnologia desenvolvida na França pelo engenheiro Cédric Ringenbach, conferencista e consultor de transição energética, especialista em mudanças climáticas, com o propósito de democratizar e facilitar o acesso ao conhecimento climático e foi reestruturada por profissionais do Instituto Artesano para facilitar a crianças e jovens a compreensão em efeitos práticos. A ferramenta visa conectar os impactos do aquecimento global com suas causas e consequências. “A ferramenta é empregada para abordar questões ligadas às emergências climáticas e os desafios que elas impõem na vida cotidiana das pessoas e da natureza, demonstrado com ações como o descarte inadequado de lixo, uso impróprio de recursos hídricos e até mesmo ações como o uso de ar-condicionado e veículos motorizados, e seus impactos socioambientais subsequentes; neste caso, ampliamos a aplicação compreensiva esses jovens”, explica a diretora de sustentabilidade.

Em Ribeirão Preto, a aplicação chama a atenção para o cuidado inadequado de nascentes e matas ciliares, que coloca a região de Ribeirão Preto entre as seis do Brasil com maior risco de desabastecimento conforme dados da ferramenta Aqueduct, do World Resources Institute. “Quando falamos em tragédias climáticas é importante frisar sobre aquelas que seguem silenciosas, no entanto, comprometem comunidades inteiras, como o caso da redução de volume do Aquífero Guarani”, adverte Mônica. A diretora de sustentabilidade do Instituto Artesano enfatiza a necessidade de conscientizar esta e as futuras gerações, além de promover ações que protejam as fontes de recursos hídricos regionais.

O Instituto Artesano é um braço institucional da Artesano Urbanismo, empresa que lançou o primeiro residencial com propostas ambientalmente regenerativas na cidade. Reconhecida por incorporar os princípios de Regeneração socioambiental em seu DNA, seja nas operações corporativas cotidianas, no lançamento de novos empreendimentos ou nas atividades de impacto positivo nas localidades em que atua, a Artesano Urbanismo ostenta o selo de empresa B, um dos certificados socioambientais mais rigorosos do mundo. Em breve, a empresa anunciará seu planejamento regenerativo exclusivo para Ribeirão Preto, uma proposta audaciosa de regeneração ambiental na área de amortecimento da nossa Estação Ecológica de Ribeirão Preto. Contudo, desde sua entrada na cidade, a prática da Artesano é deixar mínimos rastros do impacto humano, exemplificado pelo Espaço Conceito, construído de maneira a não gerar resíduos e utilizando materiais reaproveitados do último lançamento, feito de madeira engenheirada.

Nesta sexta-feira, 07, a oficina será aplicada para alunos do ensino fundamental da Escola Sesi Recreio, no entanto, ainda haverá 09 sessões até o final de junho, em consonância com o mês dedicado a promover atividades de proteção e preservação do meio ambiente e criar debates e reflexões sobre os vários problemas ambientais.

Serviço:

Evento: Oficinas de meio ambiente com a aplicação da Metodologia Mural do Clima

Data: Sexta-feira – 07/06/24

Hora: das 07h às 12h

Local: Estação Ecológica de Ribeirão Preto – Rod. Prefeito Antônio Duarte Nogueira, km 317

Atendimento à imprensa:

Bruna Carvalho – brunacarvalho@melhorpalavra.com.br

Melhor Palavra Comunicação

(11) 9 9471 4151 – WhatsApp

Ribeirão Preto
nuvens quebradas
17.8 ° C
17.8 °
17.8 °
59 %
1kmh
65 %
ter
31 °
qua
32 °
qui
30 °
sex
32 °
sáb
32 °

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

spot_img

Últimas notícias